O livro combina receitas de sopas fáceis de preparar com histórias relacionadas a esse prato que é, provavelmente, a primeira receita criada pelo homem.

É o resultado da experiência da jornalista e editora Lizandra Magon de Almeida, que depois de uma fase cheia de altos e baixos resolveu que precisava ter um Plano B. Meio por acaso — como sempre acontece nessas horas — ela descobriu que podia alimentar os amigos com sopas quentinhas e naturais, e ainda ganhar um dinheiro extra. Com o que ganhou vendendo as sopas, fez uma viagem de um mês para a Argentina, para estudar roteiro de cinema.

O livro reúne 17 receitas, algumas combinações clássicas, outras com temperos exóticos, entremeadas por histórias divertidas sobre sopas que desvendam, por exemplo, por que a personagem Mafalda, do cartunista argentino Quino, detesta sopa; como surgiu a famosa sopa Campbell’s, imortalizada por Andy Warhol; e qual a cidade portuguesa considerada até hoje a capital da Sopa de Pedra.

A autora

Lizandra Magon de Almeida é jornalista e há 12 anos está à frente da Pólen Editorial, empresa que presta serviços editoriais para empresas, instituições públicas e privadas e editoras. Em 2014, abriu também a Pólen Livros, que já lançou outros quatro títulos, entre infantis e livros voltados para o público feminino e para a discussão de questões de linguagem. É tradutora do inglês e do espanhol, repórter e editora, além de cozinhar para os amigos sempre que possível.

A vida é sopa!
R$35,00
A vida é sopa! R$35,00

O livro combina receitas de sopas fáceis de preparar com histórias relacionadas a esse prato que é, provavelmente, a primeira receita criada pelo homem.

É o resultado da experiência da jornalista e editora Lizandra Magon de Almeida, que depois de uma fase cheia de altos e baixos resolveu que precisava ter um Plano B. Meio por acaso — como sempre acontece nessas horas — ela descobriu que podia alimentar os amigos com sopas quentinhas e naturais, e ainda ganhar um dinheiro extra. Com o que ganhou vendendo as sopas, fez uma viagem de um mês para a Argentina, para estudar roteiro de cinema.

O livro reúne 17 receitas, algumas combinações clássicas, outras com temperos exóticos, entremeadas por histórias divertidas sobre sopas que desvendam, por exemplo, por que a personagem Mafalda, do cartunista argentino Quino, detesta sopa; como surgiu a famosa sopa Campbell’s, imortalizada por Andy Warhol; e qual a cidade portuguesa considerada até hoje a capital da Sopa de Pedra.

A autora

Lizandra Magon de Almeida é jornalista e há 12 anos está à frente da Pólen Editorial, empresa que presta serviços editoriais para empresas, instituições públicas e privadas e editoras. Em 2014, abriu também a Pólen Livros, que já lançou outros quatro títulos, entre infantis e livros voltados para o público feminino e para a discussão de questões de linguagem. É tradutora do inglês e do espanhol, repórter e editora, além de cozinhar para os amigos sempre que possível.